Digitalização de documentos de Gilberto Freyre

Além do legado de suas ilustres obras, o sociólogo pernambucano Gilberto Freyre deixou um rico material que pode levar a novas descobertas: cartas e contribuições de amigos, registros fotográficos, artigos, livros e anúncios de jornais. Tudo isso está agora digitalizado e disponível no site da Fundação Gilberto Freyre (www.fgf.org.br), que contou com R$ 250 mil do Ministério da Cultura para manter viva a pesquisa desse intelectual.
 

A digitalização aproxima Freyre do mercado editorial e pretende abrir portas para novos títulos que usem como base os temas tratados por ele. Há documentos reveladores da passagem do sociólogo pela Universidade de Colúmbia, onde teve contato com as teses culturalistas do germano-americano Franz Boas – essenciais para a separação entre os conceitos de “raça” e “cultura” em “Casa-Grande & Senzala”. Além de documentos formais, há também imagens de suas viagens a ex-colônias portuguesas na África e na Ásia e relatos do cotidiano com familiares e amigos. (Fonte Isto É)
Leia mais clicando aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s